f1.gif (44 bytes)

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

?Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr




Nome:
Rubem Fonseca

Nascimento:
11/05/1925

Natural:
Juiz de Fora -MG

Menu do Autor


Rubem Fonseca


"Neste momento estou desenvolvendo o começo da história que iniciei com o título que lhe deu o sopro inicial de vida. No quiosque de livros da praça li um poema no qual o autor (roubei dele o título da minha história) diz que o mundo ?doloroso, os seres humanos não merecem existir e ele, poeta, suspeita que a crueldade da sua imaginação est?de certa forma conectada com seus impulsos criativos. Matar a velha, não a crueldade, como disse o poeta, mas a força do meu ato e não apenas da minha imaginação foi a impulsão que far?de mim um verdadeiro escritor. Tenho, agora, o começo, tenho o meio e o fim." (Pequenas criaturas - "Começo")


Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, em 11 de maio de 1925, Jos?Rubem Fonseca ? formado em Direito, tendo exercido várias atividades antes de dedicar-se inteiramente ? literatura. Em 31 de dezembro de 1952 iniciou sua carreira na polícia, como comissário, no 16?Distrito Policial, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Muitos dos fatos vividos naquela época e dos seus companheiros de trabalho estão imortalizados em seus livros. Aluno brilhante da Escola de Polícia, não demonstrava, então, pendores literários. Ficou pouco tempo nas ruas. Foi, na maior parte do tempo em que trabalhou, at?ser exonerado em 06 de fevereiro de 1958, um policial de gabinete. Cuidava do serviço de relações públicas da polícia. Em julho de 1954 recebeu uma licença para estudar e depois dar aulas sobre esse assunto na Fundação Getúlio Vargas, no Rio. Na Escola de Polícia destacou-se em Psicologia. Contemporâneos de Rubem Fonseca dizem que, naquela época, os policiais eram mais juízes de paz, apartadores de briga, do que autoridades. Z?Rubem via, debaixo das definições legais, as tragédias humanas e conseguia resolv?las. Nesse aspecto, afirmam, ele era admirável. Escolhido, com mais nove policiais cariocas, para se aperfeiçoar nos Estados Unidos, entre setembro de 1953 e março de 1954, aproveitou a oportunidade para estudar administração de empresas na New York University. Após sair da polícia, Rubem Fonseca trabalhou na Light at?se dedicar integralmente ?literatura. ? viúvo e tem três filhos.

Reconhecidamente uma pessoa que, como Dalton Trevisan, adora o anonimato (o único registro fotográfico que conseguimos foi feito h?muitos anos), ?descrito por amigos como pessoa simples, afável e de ótimo humor.

Foi, ao longo de sua carreira, agraciado com inúmeros prêmios literários, abaixo descritos.

Sendo profundamente interessado na arte cinematográfica, escreve também roteiros para filmes, muitos deles premiados:

-  Coruja de ouro, roteiro Relatório de um homem casado, filme dirigido por Flávio Tambelini.

-  Kikito de ouro do Festival de Gramado, roteiro de Stelinha, dirigido por Miguel Faria.

-  Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte,  roteiro de  A grande arte, filme dirigido por Walter Salles Jr.

Seus livros são publicado no Brasil e no exterior, com grande sucesso de crítica e de público:


LIVROS PUBLICADOS NO BRASIL
:

Os prisioneiros (contos, 1963),

A coleira do cão (contos, 1965)

Lúcia McCartney (contos, 1967)

O caso Morel (romance, 1973)

Feliz Ano Novo (contos, 1975)

O homem de fevereiro ou março (antologia, 1973)

O cobrador (contos, 1979)

A grande arte (romance, 1983)

Bufo & Spallanzani (romance, 1986)

Vastas emoções e pensamentos imperfeitos (romance, 1988)

Agosto (romance, 1990)

Romance negro e outras histórias (contos, 1992)

O selvagem da ópera (romance, 1994)

Contos reunidos (contos, 1994)

O Buraco na parede (contos, 1995)

Romance negro, Feliz ano novo e outras histórias, Editora Ediouro, Rio de Janeiro, 1996.

Histórias de Amor (contos, 1997)

Do meio do mundo prostituto s?amores guardei ao meu charuto (novela, 1997)

Confraria dos Espadas (contos, 1998)

O doente Molière (novela, 2000)

Secreções, excreções e desatinos (contos, 2001)

Pequenas criaturas (contos, 2002)

Diário de um Fescenino (contos, 2003)

64 Contos de Rubem Fonseca (contos,2004)

Ela e outras mulheres (contos, 2006)

O romance morreu (crônicas, 2007)

Todos estes livros, com exceção de O homem de fevereiro ou março (editora Artenova), foram editados ou reeditados pela Companhia das Letras. Os romances O caso Morel e A grande arte foram publicados (em 1998) pela Record/Altaya, na coleção “Mestres da Literatura Brasileira e Portuguesa”, para venda em bancas. O romance Agosto est?na coleção “Mestres da Literatura Contemporânea” (1995) editora Record/Altaya, também para venda em bancas. Romance negro, Feliz ano novo e outras histórias, foi publicado pela Editora Ediouro, Rio de Janeiro, 1996. Na antologia Onze em campo e um banco de primeira, da Editora Relume Dumar? Rio, 1998, foi inserido o conto Abril, no Rio, em 1970, originalmente editado no livro Feliz ano novo. Na antologia Trabalhadores do Brasil, da editora Geração Editorial, Rio, 1998, foi incluído o conto O agente, originalmente editado no livro Os prisioneiros. Na antologia Os cem melhores contos brasileiros do século, editora Objetiva, Rio, 2000, foram publicados os contos A força humana, Passeio noturno I, Passeio noturno II, Feliz ano novo e A confraria dos espadas. A antologia Contos para um Natal brasileiro, da Editora Relume Dumar? Rio, 2001, em companhia de C. D. Andrade, João Ubaldo Ribeiro, Lygia F. Telles e outros, traz conto sobre a data.

PRÊMIOS LITERÁRIOS:

Pen Club do Brasil,  A coleira do cão.

Fundação Cultural do Paran?  Lucia McCartney

Fundação Cultural de Brasília,  Lucia McCartney

Jabuti (Conto), da Câmara do Livro de São Paulo, A coleira do cão

Associação Paulista de Críticos de Arte,  O cobrador

Prêmio Estácio de S? O cobrador

Prêmio Goethe (Brasil), A grande arte

Jabuti (Romance) A grande arte

Prêmio Pedro Nava do Museu de Literatura,  Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos

Prêmio Giuseppe Acerbi (Mantova, Itália),  Vaste emozione e pensie imperfeti

Jabuti (Conto) O buraco na parede

Prêmio Machado de Assis (Biblioteca Nacional),  E do meio do mundo prostituto s?amores guardei ao meu charuto

Prêmio Eça de Queiroz (contos) da União Brasileira de Escritores,  A confraria dos Espadas

Prêmio de melhor romance do ano, da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), para O doente Molière (2000)

Prêmio Luis de Camões, considerado o "Nobel" da língua portuguesa, concedido pelos governos do Brasil e Portugal, pelo conjunto da obra, anunciado em 13/05/2003.

14?Prêmio de Literatura Latinoamericana e Caribe Juan Rulfo, concedido durante a Feira Internacional do Livro de Guadalajara - México, em 2003.

OBRAS  PUBLICADAS NO EXTERIOR:

1 - ROMANCES

O CASO MOREL

*El caso Morel,  tradução Carlos Peralta. Editorial Bruguera, Barcelona, 1978;

*O caso Morel  Livraria Bertrand, Lisboa, 1976;

*Le cas Morel/Bonne et heureuse année (O caso Morel e Feliz Ano Novo reunidos num s?volume) (romance e contos) - tradução Marguerite Wünscher. Flammarion, Paris, 1979;

*El cas Morel (em catalão) tradução de Vicente Berenguer, Editions Bromera, Barcelona, 1994.

A GRANDE ARTE

*High art, tradução Ellen Watson. Harper & Row, Nova York, 1986;

*High art, tradução Ellen Watson. Collins, Londres, 1987;

*High art, tradução Ellen Watson. Carrol & Graf, Nova York, 1987 (paperback);

*Du grand art, tradução Philippe Bill? Bernard Grasset, Paris, 1986;

*Du grande art, tradução de Philippe Bill? edição Le Livre de Poche, Paris, 1995;

*El gran arte,  tradução Miriam Lopes Moura. Seix Barral, Barcelona, 1984;

*El gran arte, tradução Miriam Lopes Moura. Editorial Oveja Negra, Bogot? 1985;

*Den artistiske morder, tradução Peer Sibast. Klim, Dinamarca, 1990;

*Grote kunst, tradução Hermien Gaikhorst, Wereldbibliotheek, Amsterdam, 1992.

*A grande arte, Edições 70, Lisboa, 1988;

*A grande arte, Círculo de Leitores, Lisboa, 1989;

*Den stora konsten, Bokforlaget Tranan, Suécia, 2000.

BUFO & SPALLANZANI

*Bufo & Spallanzani (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Clifford E. Landers. Dutton, Nova York, 1990;

*Bufo & Spallanzani (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Karin von Schweder_Schreiner. Piper, Munique, 1987;

*Bufo & Spallanzani (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Karin von Schweder-Schreiner. Piper, Munique, 1991 (paperback);

*Bufo & Spallanzani (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Philippe Bill? Bernard Grasset, Paris, 1989;

*Bufo & Spallanzani (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Kari og Kjell Risvik. Aschehoug, Oslo, 1992;

*De pad & de geleerde. Of: moord in Rio (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Ruud Ploegmakers. Wereldbibliotheek, Amsterd? 1991;

*Pasado negro (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Basilio Losada. Seix Barral, Barcelona, 1986;

*Pasado negro (Bufo & Spallanzani) - (romance) tradução Basilio Losada. Circulo de Lectores, Barcelona, 1997.

VASTAS EMOÇÕES E PENSAMENTOS IMPERFEITOS

*Vastas emoções e pensamentos imperfeitos - (romance) Dom Quixote, Lisboa, 1990;

*Grandes emociones y pensamientos imperfectos - (romance) tradução Hermann Bellinghausen. Cal y Arena, Cidade do México, 1990;

*Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken - (romance) tradução Karin von Schweder_Schreiner, Munique, 1991;

*Vastes émotions et pensées imparfeites - (romance) tradução Philippe Bill? Bernard Grasset, Paris, 1990;

*Vaste emozione e pensieri imperfeti, romanzo, tradução de Adelina Alleti, Biblioteca del Vascello, Roma, 1988;

*Wiekiei emocje i uczucia niedoskonale,  tradução de Janina Klawe, editora MUZA SANTANA, Warszawa, Polonia, 1996;

*Lost manuscript, (título da Bloomsbury para Vastas emoções e pensamentos imperfeitos) tradução de Clifford Landers, editora Bloomsbury, London, 1997;

*Lost manuscript,(coleção Paperbacks)  tradução de Clifford Landers, editora Bloomsbury, London, 1998;

*Vast emotions and imperfect thoughts, tradução Clifford Landers, Editora Ecco Press, New York, 1998;

*Vaste emozioni e pensieri imperfeti (romance), tradução de Adelina Alleti, editora Il Saggiatore, Milano, 2000.

AGOSTO

*Un ét?bresilien (Agosto) Romance, tradução de Philippe Bill? Livre de Poche, Grasset, Paris, 1993

*Un ét?bresilien (Agosto) Romance, tradução de Philippe Bill? Livre de Poche, Grasset, Paris, 1996

*Agosto (Agosto) (Romance) tradução de Benjamín Rocha. Cal y Arena, México, 1993

*Mord im August (Agosto) (Romance) tradução de Karin von Schweder-Schreiner.  Piper, Munique, 1994

*Mord im August (Agosto), tradução de Karin von Schweder-Schreiner. Ullstein, Berlin, 1998

*Agosto. Romance. Tradução de Alvaro Rodriguez. Grupo Editorial NORMA. Santaf?de Bogot? 1994

*Agosto. Romance. Publicações D. Quixote, Lisboa, 1994

*Agosto. (Agosto) Romance. Tradução de Manuel de Seabra. Editora Thasssália, Barcelona, Espanha, 1995

*Der laatste zomer van de president. (Agosto) Tradução de Hermien Gaikhorst. Editora Wereldbibliotheek, Amsterdam, Holanda, 1995

*Agosto. (Agosto) Romance. Tradução de Adelina Aletti. Editora il Saggiatore, Milão, 1998

O SELVAGEM DA ÓPERA

*El selvage de la opera. (O selvagem da ópera) Romance. Tradução de Rodolfo Mata Sandoval. Ediciones Cal y Arena. Mexico, 1996

*Le Sauvage de l’opéra. (O selvagem da ópera) Romance. Tradução de Philippe Bill? Editora Bernard Grasset, Paris, 1998

*Del fondo del mundo prostituto sólo amores guard? para mi puro, tradução de Rodolfo Mata e Regina Crespo. Ediciones Cval y Arena, México, 1999

*In mijn door lust verdovenleven heb ik slechts mijn liefde voor de sigaar hehouden, tradução de Hermien Gaikhorst. Werelbibliotheek, Amsterdam, 1999

E DO MEIO DO MUNDO PROSTITUTO S?AMORES GUARDEI AO MEU CHARUTO

*E do meio do mundo prostituto s?amores guardei ao meu charuto. Editora Campo das Letras. Lisboa. 1999

2 - LIVROS DE CONTOS PUBLICADOS NO EXTERIOR:

OS PRISIONEIROS

*Los prisioneros (Os prisioneiros) - (contos) tradução Xos?Ramón Fandiño. Ediciones Júcar, Madri, 1989;

A COLEIRA DO CÃO

*El collar del perro (A coleira do cåo) - tradução Roberto Romero Escalada.  Ediciones de la Flor, Buenos Aires, 1986;

LÚCIA MCCARTNEY

*Lúcia McCartney - (contos) tradução Xos? Ramón Fandiño Veiga. Ediciones Júcar, Barcelona, 1990;

FELIZ ANO NOVO

*Feliz año nuevo (Feliz Ano Novo) -  tradução Pablo del Barco. Ediciones Alfaguara, Madri, 1977;

*Bonne et heureuse année /Le cas Morel(O caso Morel e Feliz Ano Novo reunidos num s?volume) (romance e contos)- tradução Marguerite Wünscher. Flammarion, Paris, 1979;

*Buon Ano (Feliz Ano Novo). Tradução Guia Boni e Silvia La Regina. Voland. Roma. 1998.

O COBRADOR

*El cobrador (O cobrador) - (contos) tradução Basilio Losada. Bruguera, Barcelona, 1980;

ROMANCE NEGRO

*Romanzo Negro ( edição de bolso com apenas o conto que d?título ao livro Romance Negro) Tradução de Andrea Ciacchi, Editora Biblioteca del Vascello, Roma, 1993;

*L’arte di andare a piedi per le strade di Rio de Janeiro. (Coletânea dos contos publicados no livro Romance Negro, excetuado o conto que d?nome ao livro que foi editado num livro de bolso em separado) Tradução de Andrea Ciacchi. Editora Biblioteca del Vascello. Roma, 1995;

* Romance Negro e outras histórias, Campo das Letras, Lisboa, 1994;

O BURACO NA PAREDE

*El Agujero In La Parede, tradução de Regina Aida Crespo e Rodolfo Mata Sandoval. Ediciones Cal y Arena. Mexico, 1997;

*  Buraco na Parede. Campo das Letras, Lisboa, 1996.

HISTÓRIAS DE AMOR

*Historias de amor, tradução de Rodolfo Mata e Regina Crespo. Ediciones Cal y Arena, México, 1999

*Liefdesgeschiedenissen, tradução de Hermien Gaikhorst. Werelbibliotheek, Amsterdam, 1999

*Histórias de amor, Editora Campo das Letras,  Lisboa, 1999

A CONFRARIA DOS ESPADAS

*La Cofradía de los Espadas, tradução de Rodolfo Mata e Regina Crespo, Ediciones Cal y Arena, México, 2.000

*A Confraria dos Espadas, Campo das Letras – Editores, Porto, Portugal, 2001

SECREÇÕES, EXCREÇÕES E DESATINOS

*Secreções, excreções e desatinos, Campo das Letras - Editores, Porto, Portugal, 2002.

COLETÂNEAS  DE  CONTOS

*Der Abkassierer (Erzählungen) coletânea com 12 contos selecionados de livros do autor, tradução de Karin von Schweder-Schreiner, editora Piper, Munique 1989

*Das vierte Siegel (Erzälungen) coletânea com 12 contos selecionados de livros do autor, tradução de Karin von Schweder-Schreiner, editora Piper, München Zürich. 1998

*Los mejores relatos?/i> coletânea com 38 contos selecionados de  livros do autor, introdução e tradução de Romeo Tello Garrído. (Outros tradutores, Basilio Losada e Pablo del Barco). Editora Alfaguara, México, 1998.

3 - RELAÇÃO (INCOMPLETA) DE CONTOS DE RUBEM FONSECA PUBLICADOS EM ANTOLOGIAS, NO EXTERIOR

*Nächtliche Spazierfahr (Passeio noturno) in Latein Amerika, Gedichte und Erzählungen - tradução Ulrike Langenbrink.  Suhrkamp, Frankfurt, 1982

*Nächtliche Spazierfahr - Teil 1 und 2 ( Passeio Noturno 1 e 2) in Einundzwanzig und Eine, 22 Geschichten Lange Nächte & Kurze Tage - tradução Linda Walz, Malik, Piper, Munique, 1997

*Nächtliche Spazierfahr (Passeio noturno), in Einundzwanzig und eine, tradução Karin von Schweder-Schreiner, Piper, München Zurich, 2000

*Night drive (Passeio noturno) in Ellery Queen’s Prime Crimes 5 - tradução  Clifford E. Landers. Davis Publications, Nova York, 1987

*Der andere (O outro) in Betonblumen, Aus fernen Grosstädten - tradução Karin Schweder-Schreiner, Fischer Taschenbusch Verlag, Frankfurt, 1992

*The game of the dead man (O jogo do morto), in Latin American Review, Literature and Arts, tradução de Clifford Landers,  New York, 1984

*Das Spiel mit dem Tod (O jogo do morto) in Erkundungen - tradução Erhard Engler. Verlag Volk und Welt, Berlin GDR, 1988

*Das  Todesspiel (O jogo do morto)  in Brazilien Erzählt,  tradução de Karin von Schweder-Schreiner, editora Fischer, Frankfurt, 1994

* El juego del morto (O jogo do morto) in Nueva antologia del cuento brasileño contemporáneo, tradução de Valquiria Wey, editora Difusion Cultural Unam, Mexico, 1996

*Die Bitte (O pedido) in Das Lied des Feuers, Lateinamerikanisches Lesebuch - tradução Karin Schweder-Schreiner. Piper, Munique, 1988

*Kümernisse eines jungen Schriftsteller(Agruras de um jovem escritor) in Der Lauf der Sonne in den Gemässigten Zonen - tradução Karin Schweder_Schreiner. Edition Di? Berlin, 1991

*Trials of a young writer (Agruras de um jovem escritor)  in Two Lines - The Stanford University Translation Journal, 1995

*Mandrake (Mandrake) in New Tales of Mystery and Crime from Latin America - tradução Amelia Simpson. Associated University Presses, New Jersey, Londres e Ontario, 1992

*Stuff of a Dream (Matéria de sonho) in Fiction - tradução Elizabeth Lowe. Fiction, Nova York, 1975

*Large Intestine (Intestino grosso) in Review 76 - tradução Elizabeth Lowe. Center for Inter American Relations, Nova York, 1976

*Intestino grueso (Intestino grosso), in Nueva antologia del cuento brasileño contemporáneo, tradução de Romeo Tello G., editora Difusion Cultural Unam, Mexico, 1996

***(Asterisks) in InterMuse - tradução Elizabeth Lowe. InterMuse, Michigan, 1976

*Happy New Year (Feliz Ano Novo) in The Litterary Review, volume 27, número 4 - tradução Peter J. Schoenbach. Fairleigh Dickinson University, New Jersey, 1984

*Happy New Year (Feliz Ano Novo) in REVIEW: Latin American Literature and Arts, # 53, ( A Publication of the American Society) Fall,  1996

*St. Valentine’s Day (Mandrake) in My Deep Dark Pain is Love - tradução E. A Lacey. Gay Sunshine Press, Såo Francisco, 1983

*Lonely Hearts (Corações solitários) in A Hammock Beneath the Mangoes - tradução Clifford E. Landers. Dutton, Nova York, 1991

*La force humaine(A força humana) in Dérives - tradução Pierre Germain Clemens. Nouvelles Brésiliennes, Montréal, 1983

*L’autre (O outro) in Europe, Revue littéraire Mensuelle - tradução Daisy da Conceiçåo Elísio e Mariangela dos Santos Paulo. Europe, Paris, 1982

*Zu spät!(Gazela, no original) in Moderne Brasilianische Erzähler - tradução Carl Heupel. Walter Verlag, Alemanha, 1968

*Gazelle (Gazela) in Fallen die Perlen vom Mond? - tradução Karin Schweder_Schreiner. Piper, Munique, 1991

*Gazelle (Gazela) in Lust an der Lust – tradução de Karin von Schweder-Schreiner. Piper, Munich, 1998

*Gazelle (Gazela) in Anthologie de la nouvelle latino-américaine - tradução Lyne Strouc. Delfond, Paris, 1991

*Mirada (O olhar) in Letra Grande, Relatos a la Carta - tradução Mario Merlino. Editorial Popular, Madri, 1989

*Der executor (O cobrador) in L’80, Brasilien ein Modell - tradução Henry Thorau. L’80 Verlagsgesellschaft, Colônia, 1984

*The Avenger (O cobrador) in New World Volume 1 - tradução Elizabeth Lowe. New World, New Orleans, 1986

*El cobrador (O cobrador)  in Cuentos Brasileños Contemporáneos - tradução Manuel Rodríguez Ramos. Editorial Arte y Cultura, Havana, 1990

*La Opción (A opção) in Exilio, Revista de Humanidades - tradução Basilio Losada. Editorial Exilio, Nova York, 1971

*Corazones solitarios (Corações solitários) in Quince cuentistas brasileños de hoy - tradução Andrea Diessler. Editorial Sudamericana, Buenos Aires, 1978

*Mirada (O olhar) in El Paseante 11 - tradução Mario Merlino. Ediciones Siruela, Madri, 1988

*Cuori solitari (Corações solitários) in L’Occhio Dall’Altra Parte - tradução Giuliano Macchi. Scheiwiller, Milåo, 1978

*Zeven Verhalen: (in Maatstaf - tradução August Willemsen. Amsterdan 1981):Gellukig Nieujahr (Feliz ano novo); Het dodemansspel (O jogo do morto);     April, in Rio, 1970 (Abril, no Rio, em 1970); Ommetje I (Passeio noturno I); Ommetje II (Passeio noturno II); Dingen van de dag (Livro de ocorrências); Dikke darm (Intestino grosso).

*Sila Cloveka (A força humana) in Revue svetovej literatury - tradução Miroslav Lenghardt. Rocnik Dvanasty, Praga, 1976

*Osamemel?srdce (Corações solitários) in Almanach Svetov?Literatury - tradução Pavla Lidmilov? Odeon, Praga, 1986

*Abril, en Rio, en 1970, in Cuentos Brasileños, tradução de Adolfo Navas, Editorial Popular, Madri, Espanha, 1991

*Llamas in las tinieblas (Labaredas nas trevas), in Revista Casa de Las Americas,  195, Abril-Junho, Havana, Cuba, 1994

*Llamas en las tinieblas (Labaredas nas trevas), in Nexos, tradução de Luiz Miguel Aguilar, México, 1993

*Doscientos veinticinco gramos (Duzentas e vinte e cinco gramas), tradução de Arsenio Cicero Sancristóbal, in Revolución y Cultura, Havana, Cuba, 1994

*Corazones Solitários (Corações Solitários), in Cuentos Brasileños, Editorial Andrés Bello, Santiago, Chile, 1994

*Placebo (Placebo), in Union - Revista de Literatura y Arte, tradução de Arsenio Cicero Sancristóbal, Havana, Cuba, Abril-Junho 1995

*Comte rendu de circonstances o?toute ressemblance n’est pas pure coïncidence (Relatório de ocorrência em que qualquer semelhança ?mera coincidência), in Menaces - Anthologie de la nouvelle noire e policière latino-américaine, organizada por Olver Gilberto de León, tradução de Jean-Claude Vignol, editora L’Atalante,  Nantes, França, 1995

*La carne y los uesos (A carne e os ossos) - Revolution y Cultura, no. 3/96, apresentação e tradução de Arsenio Cicero Sancristóbal, Havana, Cuba, maio-junho 1996

*Schoönebersk? svat?(A santa de Schöneberg) – in Tret?Breh Reky, tradução de Pavla Lidmilov? editora Dauphin, Praga, 1996

*L’autre (O outro) -  in Contes de Noël Brésiliens, tradução de Jacques Thiériot, editora Albin Michel, Paris, outubro de 1997

*El arte de caminar por las calles de Rio (A arte de caminhar pelas ruas do Rio de Janeiro) in El arte de caminar por las calles de Río e otras novelas curtas), tradução de Romeo Tello G., editora UNAM, México, 1997

*Le Ballon Fantôme (O balão fantasma) in Des Nouvelles du Brésil, tradução de Philippe Bill? Editions Métaili? Paris, 1998

*Guds stad (Cidade de Deus), in En färd mot vindens ansikte (En latinamerikansk antologi), tradução de Kerstin Cardelús, editora En Bok för Alla, Suecia 1998

*DK (AA), in Karavan (Litterär tidskrift p?resa mellan kulturer), tradução de Örjan Sjögren, Stockholm, 1999

ROTEIROS CINEMATOGRÁFICOS:

DE OBRAS PRÓPRIAS

*Relatório de um homem casado, filme dirigido por Flávio Tambelini

*A extorsão, filme dirigido por Flávio Tambelini

*Stelinha, dirigido por Miguel Faria

*A grande arte, filme dirigido por Walter Sales Jr.

*Bufo & Spallanzani (em colaboração com Patrícia Melo), produtora Ravina    Filmes e Conspiração Filmes, dirigido por Flávio Tambelini

DE OBRAS DE TERCEIROS

O homem do ano, baseado no romance de Patrícia Melo, O matador. ( Em fase de organização-produção, Conspiração Filmes, dirigido por Jos?Henrique Fonseca, Conspiração Filmes

ADAPTAÇÕES POR TERCEIROS DE OBRAS DE RUBEM FONSECA:

PARA TEATRO

*O gravador (1977), adaptação e direção de Roberto Vignatti

*Os cavalos (1979), direção coletiva e adaptação Grupo Panapan?/span>

*Lúcia McCartney (1987), adaptação de Geraldo Carneiro, direção de Miguel Falabella

*O cobrador (1990), adaptação coletiva, direção de Bete Lopes

*Idiotas que falam outra língua(1999), adaptação e direção de Fernando Guerreiro

*Agosto (2000), “construção de uma trama entre dança, música e cenografia”. Adaptação e direção de Eliana e Sofia Cavalcante

PARA TELEVISÃO

*Nau Catarineta,(1978) adaptação e direção de Antunes Filho, TV Cultura.

*Mandrake (1983) adaptação de Euclides Marinho, direção de Roberto Farias, TV Globo.

*Agosto (1993) adaptação de Jorge Furtado e Giba Assis Brasil, direção de   Paulo Jos? Denise Sarraceni e Jos?Henrique Fonseca, TV Globo

*Lúcia McCartney (1994)  adaptação de Geraldo Carneiro, direção Roberto Talma, TV Globo

*A coleira do cão (2001), adaptação de Antonio Calmon, direção de Roberto Farias, TV Globo

LIVROS, TESES, DISSERTAÇÕES, TRABALHOS  ACADÊMICOS, CRÍTICAS, ARTIGOS E RESENHAS  PUBLICADOS SOBRE A OBRA DE RUBEM FONSECA

LIVROS

*COUTINHO, Afrânio,  O erotismo na literatura (o caso Rubem Fonseca), Editora Cátedra, Rio de Janeiro, 1979

*PEREIRA, Maria Antonieta, Signos em trânsito: A Grande Arte de Rubem Fonseca, in Pereira, Maria Antonieta e Santos, Luiz Brandão (eds.), Palavras do Sul – Seis escritores latino-americanos contemporâneos, Atlântica,  Belo Horizonte, 1999

*PEREIRA, Maria Antonieta, No fio do texto. A obra de Rubem Fonseca. Faculdade de Letras da UFMG, Belo Horizonte, 2000

*PETROV, Petar, O realismo na ficção de Jos?Cardoso Pires e Rubem Fonseca,Algés, Portugal, 2000

*SILVERMAN, Malcolm, Rubem Fonseca, págs. 261-277, in Moderna Ficção Brasileira 2, Ed. Civilização Brasileira -  MEC, Rio de Janeiro, 1981

*SILVA, Deonísio da, A violência nos contos de Rubem Fonseca, págs. 49-62, in  Um novo modo de narrar – ensáios, Livraria Cultura Ed., São Paulo, 1979

*SILVA, Deonísio da, Nos bastidores da censura, sexualidade, literatura e repressão pós-64, Estação Liberdade, São Paulo, 1984

*SILVA, Deonísio da, O caso Rubem Fonseca – violência e erotismo em Feliz Ano Novo, Ed. Alfa-Omega, São Paulo, 1983

*SILVA, Deonísio da, Rubem Fonseca, Perfís do Rio (col.), Relume-Dumar?Rio Arte, Rio de Janeiro, 1996

Nota: alguns livros tiveram sua primeira publicação como teses universitárias.

TESES, DISSERTAÇÕES E TRABALHOS ACADÊMICOS EM GERAL

*ASSIS, Adriana Mascarenhas Duarte, Literatura e Cinema: Influência do Cinematográfico na Narrativa  Fonsequiana  Universidade  Federal de Juiz de Fora – 1991

*BOECHAT, Maria Cecília Bruzzi, Na Cena do Crime: Uma Leitura de Bufo & Spallanzani de Rubem Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais – 1990

*COELHO, Celso Francisco Maduro O Caso  Fonseca Uma Leitura de O Caso Morel, Bufo & Spallanzani, Romance Negro e outras histórias. PUC Rio de Janeiro – 1996

*COELHO, Odette Penha  O Nihilismo como Expressão Ideológica de Bufo  & Spallanzani. Universidade Estadual  de São Paulo - Assis,  SP – s/d

*DIAS, Ângela Maria Identidade e Memória  Os Estilos de Graciliano Ramos e Rubem Fonseca Universidade Federal do Rio de Janeiro – 1989

*MARETTI, Maria Lídia Lichtscheid  A Lógica do Mundo  Marginal na Obra de Rubem Fonseca, Universidade Estadual de Campos – 1986

*MIRANDA, Aristóteles, Guilliod de O Cobrador: As Entranhas Sangrentas da Sociedade, Universidade Federal do Par?Belém – 1991

*MUSSI, Amaline Boulus Issa  Função Estética da Ideologia em Contos de Rubem Fonseca, Universidade Federal de Santa Catarina – 1979

*NOVO, Elesbão  Rubem Fonseca: A Cordialidade Violentada, PUC Rio  de Janeiro 1985

*PEDROSA, Celia de Moraes Rego  O Discurso Hiperrealista (Rubem Fonseca e Andr? Gide), PUC Rio de Janeiro – 1977

*PEREIRA, Maria Antonieta  Signos em Trânsito: A Grande Arte de Rubem Fonseca Universidade  Federal de Minas Gerais – 1993

*PETROV, Petar Dimitrov Rubem Fonseca:  Da Temática ?Ideologia em Feliz Ano Novo, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa (1988).

*PETROV, Petar Dimitrov O Realismo na Ficção de Jos?Cardoso Pires e de Rubem Fonseca,  Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa (1996)

*POLESSA, Maria  Luiza de Castro  Rubem Fonseca: Retratos e Conversas  Universidade Federal do Rio de Janeiro – 1986

*RIBEIRO, Joana Darc. "O Caso Morel: Um caso de investigação literária". In. Signótica: Revista da Faculdade de Letras e do Mestrado em Letras e Lingüística/FL-UFG, ano 1, n.1, 1989 - Goiânia: Faculdade de Letras da UFG-v.13, jan./dez.2001, p.101-115.

*SANTOS, Rosa Maria dos  O Conto Policial em Poe e Rubem Fonseca Universidade Estadual Paulista  São Jos?do Rio Preto, SP – 1998

*SILVA, Deonísio da  O Palimpsesto de Rubem Fonseca: Violência e Erotismo em Feliz Ano  Novo  Universidade Federal do Rio Grande do  Sul – 1980

*TELLO Garrido, Romeo  La Violencia como Estética de la Misantropia. Cuatro Acercamientos a la  Obra de Rubem Fonseca México  - 1993

*VIEGAS, Ana Cristina Coutinho  Campos Recepcionais na Obra de Rubem Fonseca,Universidade Federal do  Rio  de Janeiro – 1998

*VIEIRA, Nelson H  An ‘Uncanny’  Vision of Art and Reality in Brazil: Rubem Fonseca’s Bufo  & Spallanzani Brown University  -  n/d

CRÍTICAS, ARTIGOS, RESENHAS

(Esta relação  não ?completa, existem muitos outros artigos, resenhas e críticas que não foram aqui incluídos)

*ALÇADA BAPTISTA, Antonio Feliz Ano Novo, Contribuição para a análise do “espaço” na obra de Rubem Fonseca,  Jornal de Letras, (Lisboa), 01/01/1980

*ALONSO, Jesús Xavier, Un ejemplo clásico del género negro. “El Gran Arte”, del brasileño Rubem Fonseca, La Rioja, (Espanha)  23/11/1984

*ARAÚJO, Vera, Eterni ritorni. Tra mistero e atmosfere alla Ellroy il suicidio de Vargas visto da Rubem Fonseca,  Dd, (Itália), 20-26/05/1998

*AUGUSTO, Sergio, Livro  reúne 71 contos de Rubem Fonseca, Folha de S.Paulo, 13/11/1994

*AUGUSTO, Sergio, Uma escatologia deste tempo,  Folha de S.Paulo,  04/12/1983

*BARCO,  Pablo del, Rubem  Fonseca y la nueva narrativa brasileña, El  Pais (Madri),  26/03/1978

*BRASIL, Assis,  Literatura,  Jornal do Brasil, 18/10/1963

*BRAUN, Rainer, Direkt und drastisch. Über der brasilianischen Autor Rubem Fonseca,  TAZ, (Tageszeitung, Berlim),  16/02/1990

*BRUNN,  Albert von, Rubem Fonseca, Rio uns die Gewalt, Orientierung, (Zürich) 15/05/1992

*BRUSHWOOD, John S.,  Brazilian crime novel has light touch, Kansas City Star, 29/09/1986

*CALLADO, Antonio, Rubem Fonseca busca o sonho de Wagner,  Folha de S.Paulo, 10/09/1994

*CAMOZZI, Rolando, El gran arte,  ABC (Madri), 02/12/1984

*CAMOZZI, Rolando, Pasado negro, ABC (Madri), 07/03/1987

*CARLE, Roberto, Um livro  quase  perfeito, Zero Hora, 07/12/1998

*CASTELLO, Jos? e Marília Martins, (O mestre da ação) Um estranho cinema sem imagens, Jornal  do Brasil, 19/11/1988

*CHAPARRO VALDERRAMA, Hugo, Policíaco brasileño.  Rubem Fonseca, Intermedio, (Suplemento Dominical de Diario del Caribe, Barranquilla),  04/12/1983

*CHAPARRO VALDERRAMA, Hugo, Rubem Fonseca:La atmosfera policíaca, El Espectador,  (Bogot?, 26/03/1989

*CHAPARRO VALDERRAMA, Hugo, El caso Rubem Fonseca, La Patria, (Bogot?, 30/08/1991

*CHAPARRO VALDERRAMA, Hugo, Rubem Fonseca como cómic teatral, El Espectador, (Bogot?,  22/09/1991

*CHAPARRO VALDERRAMA, Hugo, ¿Una mirada puede cambiar la vida de un hombre? El  Espectador, (Bogot? 11/10/1992

*CHARPENTIER, B.,  Mandrake ? Rio,  Figaro Litéraire,  (Paris) 16/06/1986

*CHARBIT, Gerard,  Le cas Morel suivi de Bonne et Nouvelle Année, Les Nouvelles Littéraires (Paris) 20/04/1970

*CORTANZE, Gérad de, Le Brésil sans folklore  Magazin Littéraire, (Paris) 04/1979

*COSTA,  Cecília, A grande arte de Molière e de Rubem Fonseca, O Globo,  19/04/2000

*COSTA, Flávio Moreira da, O mundo torto e cruel de Rubem Fonseca, Opinião, 24/10/1975

*COUTINHO, Edilberto, Enquanto os tecnocratas afiam o arame farpado, O Globo, 12/10/1975

*COUTO, Jos?span style="mso-spacerun: yes">  Geraldo, Rubem Fonseca opõe eros e civilização – escritor influencia gente famosa e vai ao cinema, Folha de S. Paulo, 03/12/1998

*DELGADO, Josefina, Rubem Fonseca: la liberdad imposible (El collar del perro), La Razon/Cultura, (Espanha) 20/07/1986

*DI ANTONIO, Robert, Mystery and Literary Intrigue in a Brazilian Setting (Bufo& Spallanzani),St.Louis Post-Dispatch, 21/10/1990

*DIETRICH, Edmondo, La morte, il sogno e loschi traffici (Vaste emozione e pensieri imperfetti), La Repubblica, (Roma), 27/03/1994

*FARIA, Octavio de, Jovens contistas, Correio da Manh? 17/04/1964

*FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain de, Os crimes do texto: Rubem Fonseca e a ficção contemporânea. UFMG - Belo Horizonte, 2003.

*FOGEL, Jean-François, Meurtre ?deux visages (Bufo & Spallanzani), Le Point, (Paris) 23/01/1989

*FRANCAVILLA, Roberto, Agosto, il pi?terribile dei mese, Corriere de la Sera, Milão, 20/06/1998

*GOMES, Jos?span style="mso-spacerun: yes">  Edson, Rubem Fonseca, o conto subterrâneo, O Globo, 13/12/1969

*GOMEZ VALDERRAMA, Pedro, Una novela brasilera (El Gran Arte), Nueva Frontera, (Espanha), 02/09/1985

*GRAETZ, Ronald, Rubem Fonseca, Der Exekutor. Versurch einer Interpretation aus theologischer Sicht,  (Interamericana 9, N?25/26) 1985

*GRZIMEK, Martin, Geistige Schmuggelware. Rubem Fonsecas “Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken”, Frankfurter Allgemeine, 15/04/1991

*HEMER, Oscar, Infernovandringar, Sydsvenskan, (Estocolmo) 09/07/1992

*IGEL, Regina, O grotesco na obra de Rubem Fonseca,  Chasqui, 7, 02/021978

*JENNY-EBELING, Charitas, Todesspiele.Ausgewählte Erzählungen von Rubem Fonseca (Das vierte Siegel), Neue Züricher Zeitung, 17/05/1989

*KEATES,  Jonathan,  Laureates of glitz (High Art), The Observer (Londres) 25/01/1987

*KIMBERLEY, Nick, Videogames (High Art), New Statesman,  Nova York, 23/01/1987

*KONDER, Leandro, Agosto - O melhor romance de 1990, Tribuna da Imprensa,22/01/1991

*KONDER, Leandro, A violência dos ‘espadas’, O Globo,  31/01/1999

*KÜHNE, Cecilia, Para  leer hasta el final. Grandes emociones y pensamientos imperfectos, Economista, (México), 13/12/1990

*KUNISCH, Hans-Peter, Regisseur in Rio soll Isaak Babel verfilmen.Rubem Fonseca neuer vielschichtiger Unterhaltungsroman, (Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken), Süddeutsche Zeitung, (Munique), 10/04/1991

*LEHNHADT, Kristiana, Rubem Fonseca: Ein Mann kommt in die Jahre, (Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken), Die Presse, (Viena) 23-24/03/1991

*LIND, Georg Rudolf, Grosses Land in grosser Not. Brasilianische Erzählungen von Rubem Fonseca (Das veirte Siegel), Stuttgarter Zeitung, 23/06/1989

*LORIOT, Noelle, Du Grand Art, par Rubem Fonseca, L'Express (Paris) 01/08/1986

*LUCAS, Fábio, Prosa translúcida, Jornal de Letras, 05/1966

*LUGO, Antonio Jos? Reloj de Arena. Rubem Fonseca, El  Nacional, (México) 25/08/1993

*LUÍS, Macksen, Afinal, quem matou Molière?, Jornal do  Brasil, 13/05/2000

*MACTAS, Mario, VertigosDe entre los libros, Destino, 28/02/1985

*MAINARDI, Diogo, Curtos e bons, Veja, 07/12/1994

*MARRA, Nelson, La excepción de la regla, El  País (Barcelona), 22/01/1987

*MARTINS, Wilson, Tendências, O Estado de S. Paulo,  01/02/1964

*MARTINS, Wilson, A escada  da glória, O Estado de S. Paulo, 19/03/1966

*MARTINS, Wilson, O novo Rubem Fonseca, Jornal do Brasil, 13/10/1979

*MARTINS, Wilson, Obscenidades, Jornal da Tarde,  21/04/1990

MARTINS, Wilson, O século de Carlos Gomes, Jornal do Brasil, 17/12/1994

*MARTINS, Wilson, A banalidade do mal, Rio Artes n?20, 04/1996

*MATAS DIAS, Luis, El  titulo de la semana “Pasado negro”, La Guia del  Ocio (Madri), 02/03/1987

*MILLEN, Mànya, Um século em cem contos, O Globo, 29/04/2000

*MONSIVÁIS, Carlos, El crimen, si evidente, dos veces ambiguo (Grandes emociones y pensamientos imperfectos), Nexos, (México), 04/1991

*MOSER, Gerald, Rubem Fonseca, O Caso Morel, Books Abroad, 05/1974

*NEPOMUCENO, Eric,  A revitalização do conto, Jornal  do Brasil,21/08/1999

*NONHOFF, Sky, Prosa vom Reissbrett, (Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken), Neue Westfaelische Tageblatt, (Bielefeld) 12/03/1991

*NOUET, Estelle e J-Christophe Rampal, Polar sous les tropiques, Le Monde des Livres, (Paris) 20/03/1998

*NOURRY,  Philippe, Fonseca: les bas-fonds  de Rio, Le Point (Paris)  23/06/1986

*OLIVEIRA, Jos?Carlos,  A arte de Rubem Fonseca, Jornal do Brasil, 13/02/1984

*ONOFRE,  Jos?  Quem matou Molière? Gazeta Mercantil, 06/05/2000

*ORICCHIO, Luiz Zanin,  Rubem Fonseca reinventa Molière em trama policial, O Estado de S. Paulo, 17/04/2000

*PICCHIO,  Luciana Stegagno, L'Inventiva Criminale, La Repubblica, Roma, 26/08/1993

*QUINTO, Jos?span style="mso-spacerun: yes">  Maria de, El mundo vertiginoso de Rubem Fonseca, Cuadernos Hispanoamericanos, n?512, (México) 02/1993

*PAIVA, Anabela,  Paixão e brutalidade – Rubem Fonseca repete a fórmula que o consagrou:  uma mistura de violência, erotismo e linguagem .... Época,  07/12/1998

*PETROV, Petar, Pequenos grandes textos (Romance Negro e outras histórias), Jornal de Letras (Lisboa), 24/08/1993

*PETROV, Petar, Agosto, Coleção Letras – Fundação  Calouste Gulbenkian (Lisboa)  04/1997

*POLK, James,  Blame it on Rio, New York Times, 17/08/1998

*POLVORA,  Hélio, A paixão do conto segundo Rubem Fonseca?/i> Jornal do Brasil, 26/11/69

*PÓLVORA, Hélio,  A pornografia do formigueiro, Jornal  do Brasil, 08/10/1975

*PÓLVORA, Hélio,  Feliz Ano Novo?, Veja, 29/12/1976

*PY, Fernando,  Bufo & Spallanzani, Diário de Petrópolis, 23/02/1986

*RAILLARD, Alice, Le Brésil des années 70 La Quinzaine littéraire, (Paris), 1-15/06/1979

*RESENDE, Otto Lara, Onde reina a calmaria (Agosto), (O Globo), 25/11/1990

*RIBEIRO, Leo Gilson, Fonseca, em nova e amarga obra-prima, Jornal da Tarde (SP) 19/11/1988

*RYAN, Alan,  Another Brazilian Bombshell, The Washington Post, 1/10/1990

*Sant’Anna, Sérgio,  A propósito de Lucia McCartney, Suplemento Literário Minas Gerais (DO), 12/1969

*SANT’ANNA, Affonso  Romano de,  Zut! Zut! Zut!, Veja, 05/11/1975

*SARRIAS, Cristóbal, La compleja sociedad brasileña de Rubem Fonseca, Ya (Madri), 02/02/1985

*SCHNAIDERMAN, Boris, Rubem Fonseca, precioso. Num pequeno livro. (O Cobrador), (Jornal da Tarde), 27/09/1980

*SEXTON, David, The urban underworld of Brazil on a knife edge (High Art), The Independent, (Londres), 12/02/1986

*SILVA, Deonísio da, Fonseca, Rubem. Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos, Brasil/Brazil, (Brown University, Providence, E.U.A.) 02/1989

*SILVA, Deonísio da, Um caso no romance brasileiro, Jornal  da Tarde, 18/02/1995

*SILVERMAN,  Malcolm, A sátira na ficção de Rubem Fonseca, Ficção, 09/1977

*SILVERMAN, Malcolm, Fonseca, Rubem,  A  confraria dos espadas, San Diego University, 12/03/1999

*SILVERMAN, Malcolm, A confraria dos espadas, World Literature Today, Summer, 1999

*STAFFLER, Hermann, Brasilianischer Hedonismus. Ein Kriminalroman Rubem Fonsecas als Zoologie bunter Vögel, (Grenzenlose Gefühle, unvollendete Gedanken), Lesezirkel/Wiener Zeitung, (Viena), 04/1991

*STRAUSFELD, Michi, Lachen vor Abgrüden, Frankfürter Zeitung (Frankfurt), 12/07/1988

*THOBAE,  Charles P. Keep them in suspense until the last minute, Houston Post (Houston) 07/12/1986

*THORAU, Henry, Tinte? Blut! (Bufo & Spallanzani), Die Zeit, (Hamburgo) 02/04/1988

*TORRES, Antônio, A ilha das palavras, O Globo, 13/02/1999

*TRIGO, Luciano, Sua vida foi uma ópera, O Globo, 15/08/1994

*UEDING, Gert, Sünden halten die Welt im Innersten zusammen (Mord im August), Die Welt, (Berlim), 10/09/1994

*VARGAS LLOSA, Mario, Thugs who know their greek, The New York Times Book Review, 07/09/1986

*VENTURA, Zuenir, O cotidiano na arte, Visão, 10/11/1975

*VENTURA, Zuenir, O inventor de palavras, Isto  ?  07/12/1983

*WÖRTCHE, Thomas,  Zungenkuss mit dert Krote Bufus marinus, Südwestpresse, Schwenningen, (Alemanha), 06/10/1987


Ir para o menu do autor

 

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

?Projeto Releituras — Todos os direitos reservados. O Projeto Releituras — um sítio sem fins lucrativos — tem como
objetivo divulgar trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, buscando, sempre que possível, seu lado humorístico,
satírico ou irônico. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
?@njo

f2.gif (44 bytes)