Penetra-me

Letícia Marques


Penetra-me o corpo,

Rasga a alma,

Deflora o meu desejo,

E viola meu pensamento...

Vem, garganta travando o grito...

Tropeços e afagos

Do amor...

Penetra-me a vida,

Invade meu jardim,

Incendeia a minha cama,

Rasga os lençóis...

Vem, bota em mim o seu amor,

Segura forte,

Faz-me uivar de dor...

Penetra-me com teu calor,

Até o fundo,

Leva-me pra longe do mundo,

Faz chover lá fora,

Faz nascer amor aqui dentro,

Agora!


Letícia Marques (1965), é brasiliense e reside na cidade de Goiânia (GO). Escreve poesias eróticas e tem seus trabalhos divulgados por diversos sítios da Internet. Não tem livros publicados.

[ Voltar ]

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUAL
Copyright © 1996 PROJETO RELEITURAS. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site.