f1.gif (44 bytes)

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr



Foto de Paulo A. A. Teixeira
Flor do Leblon - Rio/2002

Nome:
João Ubaldo Ribeiro

Nascimento:
23/01/1941

Natural:
Ilha de Itaparica - BA

Menu do Autor


João Ubaldo Ribeiro


OBRAS DO AUTOR

1. INDIVIDUAIS

Romances:

Setembro não tem sentido - 1968

Sargento Getúlio - 1971

Vila Real - 1979

Viva o povo brasileiro - 1984

O sorriso do lagarto - 1989

O feitiço da Ilha do Pavão - 1997

A casa dos Budas ditosos - 1999

Miséria e grandeza do amor de Benedita (primeiro e-book — livro virtual — lançado no Brasil) - 2000

Diário do Farol - 2002

Miséria e grandeza do amor de Benedita, Dom Quixote - Portugal - 2003

Diário do Farol - Dom Quixote - Portugal - coleção "Grandes Autores de Língua Portuguesa" - 2003

Contos:

Vencecavalo e o outro povo - 1974

Livro de histórias - 1981 (reeditado em 1991, incluindo os contos "Patrocinando a arte" e "O estouro da boiada", sob o título de "Já podeis da pátria filhos").

Crônicas:

Sempre aos domingos - 1988

Um brasileiro em Berlim - 1995

Arte e ciência de roubar galinha - 1998

O Conselheiro Come - 2000

Você me mata, Mãe gentil - 2004

A gente se acostuma a tudo - 2006

O rei da noite - 2008.

Ensaio:

Política: quem manda, por que manda, como manda - 1981

Literatura infanto-juvenil:

Vida e paixão de Pandomar, o cruel - 1983

A vingança de Charles Tiburone - 1990

Antologia:

História Pitorescas - 1977

Obra seleta - 2005

Participação em coletâneas:

"Lugar e circunstância". In: Panorama do conto bahiano - 1959

"Josefina", "Decalião" e "O Campeão". In: Reunião: contos - 1961

"Já podeis da pátria filhos". In: Onze em campo e um banco de primeira - 1998

Obras traduzidas pelo autor:

Sergeant Getulio (Sargento Getúlio) - Boston - 1978

An invincible memory (Viva o povo brasileiro) - N.York - 1989

Organização de livro:

Nova floresta - Manuel Bernardes - 1993

Apresentação de livros:

"Um espelho distante". In: A arte de furtar - 1992

"Apresentação". In: Nova floresta - 1993

"Apresentação". In: O mistério do Leão Rampante - 1995

"Vida e livro fascinantes". In: Glauber Rocha, esse vulcão - 1997

Televisão

Adaptações:

O santo que não acreditava em Deus (Caso especial) - Do livro "Já podeis da pátria filhos" - Rede Globo - 1993

O compadre de Ogum (minissérie) - Do romance "Os pastores da noite", de Jorge Amado - Rede Globo - 1994

A maldita (Caso especial) - Do conto "Patrocinando a Arte" - Rede Globo - 1995

2. EM PARCERIA

Cinema

Tieta do Agreste (roteiro). De Jorge Amado. Com Cacá Diegues e Antônio Calmon - 1996

Televisão

Adaptações

Danada de sabida (Terça nobre) - Do conto "O artista que veio aqui dançar com as moças". Com Geraldo Carneiro - TV Bahia - 1997

3. TRADUÇÕES

Para o alemão:

Der Heilige, der nicht an Gott glaubte (O santo que não acreditava em Deus) - Frankfurt - 1981

Sargento Getúlio - Frankfurt - 1988

Brasilien, Brasilien (Viva o povo brasileiro) - Frankfurt - 1988

Das Lächeln der Eidechse (O sorriso do lagarto) - Frankfurt - 1994

Ein Brasilianer in Berlim (Um brasileiro em Berlim) - Frankfurt - 1994

Leben und Leidenschaft von Pandonar dem Grausamen (Vida e paixão de Pandomar, o cruel) - Munique - 1994

Bericht uit de vuurtoren
(Diário do farol), editora De Bezige Bij, tradução de Harrie Lemmens - 2003

Para o dinamarquês:

Sergenten (Sargento Getúlio) - 1991

Para o espanhol:

Viva el pueblo brasileño (Viva o povo brasileiro) - Madri - 1989

Vila Real - Madri - 1991

La sonrisa del lagarto (O sorriso do lagarto) - Madri - 1993

Para o francês:

Sergent Getúlio - Paris - 1978

Vila Real - Paris - 1986

Vive le peuple brésilien (Viva o povo brasileiro) - Paris - 1989

Para o hebraico

Samal Getúlio (Sargento Getúlio) - Tel -Aviv - 1984

Para o inglês:

The lizard's smile (O sorriso do lagarto) - Nova York - 1994
(veja também "Obras traduzidas pelo autor").

Para o italiano:

Sergente Getúlio (Sargento Getúlio) - Turim - 1986

Libro delle storie naturali (Livro de histórias) - Turim -  1991

Viva il popolo brasiliano (Viva o povo brasileiro) - Piacenza -  1997

Para o iugoslavo:

Serzant Getulio (Sargento Getúlio) - Murska Sobota - 1984

Para o sueco

Sergeant Getúlio (Sargento Getúlio) - Estocolmo - 1994

Ödlas leenden (O sorriso de lagarto) - Estocolmo - 1994

FORTUNA CRÍTICA

1. LIVROS

João Ubaldo Ribeiro: um estilo de sedução - Wilson Coutinho - 1998

2. DISSERTAÇÕES E TESES

Vida e paixão de Pandomar, o cruel, de João Ubaldo Ribeiro: um estudo de produção e recepção (mestrado em Letras) - José Luis Ceccantini - 1993

Estampas do imaginário: literatura, cultura, história e identidade (doutorado em Literatura Brasileira) - Eneida Leal Cunha - 1993

Sargento Getúlio: uma análise mítica (mestrado em Letras) - Luiza Nelma Fillus - 1983

A memória invencível: literatura e história em Viva o povo brasileiro (mestrado em Literatura Brasileira) - Magda Medeiros Furtado - 1992

Folhas venenosas do discurso: um diálogo entre Oswald de Andrade e João Ubaldo (mestrado em Letras) - Osmar Moreira dos Santos - 1996

Grotesco e Paródia em Viva o Povo Brasileiro - João Vianney Cavalcanti Nuto - UNB - Universidade de Brasília

A outra história: (Des)construções), memória e identidade cultural em "Viva o Povo Brasileiro" - Antonia Cristina de Alencar Pires - Tese de doutorado - Universidade Federal de Minas Gerais, 2.000.

ADAPTAÇÕES

1. PARA O CINEMA

Sargento Getúlio - Direção de Hermano Penna - 1983

Deus é brasileiro - Direção de Cacá Diegues - 2003
 

2. PARA A TELEVISÃO

O sorriso do lagarto - Adaptação de Geraldo Carneiro e Walter Negrão - Rede Globo - 1991 (ver também "Obras do autor - Televisão/Adaptações")

Ainda de e sobre o autor estão anotados diversos ensaios e apresentações incluídos em livros, artigos de jornais, artigos de revistas e entrevistas.


Os dados acima foram obtidos em livros diversos; no sítio da Academia Brasileira de Letras; nos Cadernos de Literatura do Inst. Moreira Salles e fornecidos pelo próprio autor.

VOLTAR

IR PARA O MENU DO AUTOR

 

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

©Projeto Releituras — Todos os direitos reservados. O Projeto Releituras — um sítio sem fins lucrativos — tem como
objetivo divulgar trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, buscando, sempre que possível, seu lado humorístico,
satírico ou irônico. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
®@njo

f2.gif (44 bytes)