[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr



Custódio

 


O computador, o homem e a mulher

Custódio


Com a prática do sexo virtual, muitas pessoas estão preferindo a companhia de um computador a de um parceiro mais real e palpável. Diante dessa nova preferência sexual, resolvemos fazer uma comparação:

POR QUE O COMPUTADOR É MELHOR...

QUE O HOMEM: Não arrota depois de você alimentá-lo.

QUE A MULHER: Vem com botão de "desliga".

QUE O HOMEM: Não ronca. Se roncar, eles vêm e dão um novo pra você.

QUE A MULHER: Sempre pergunta antes de jogar suas coisas fora.

QUE O HOMEM: Tem sempre uma interface amigável.

QUE A MULHER: A manutenção é mais barata.

QUE O HOMEM: O disco dele está sempre rígido.

QUE A MULHER: Não "discute a relação".

QUE O HOMEM: Quando começa a ficar lento e cheio de manias, você troca por outro melhor.

QUE A MULHER: Não reclama se você pluga atrás, até melhora o rendimento.

QUE O HOMEM: Se estiver meio travado, é só recomeçar.

QUE A MULHER: Não enche quando você não liga.

QUE O HOMEM: Não fica babando atrás de outra.

QUE A MULHER: Não precisa ficar procurando o clitóris.

QUE O HOMEM: Sempre usa as ferramentas que você traz pra ele.

QUE A MULHER: Você pode ter dois ou três ao mesmo tempo, que eles até se dão bem.

QUE O HOMEM: Não fica trocando de canal.

QUE A MULHER: Ajuda você a fazer o orçamento, em vez de gastá-lo.

QUE O HOMEM: Se você não entendeu, ele explica tudo de novo.

QUE A MULHER: Se ficar atacado, é só tirar da tomada.

QUE O HOMEM: Tem ares de modernidade e não tem bafo de cerveja.

QUE A MULHER: Imprime em várias cores sem marcar seu colarinho com batom.

QUE O HOMEM: Você o alimenta mas ele não cria barriga.

QUE A MULHER: Recebe seus fluxos mas não engravida.

QUE O HOMEM: Faz as compras com você e não reclama quando você usa o cartão.

QUE A MULHER: Quando diz "processando..." quer dizer os dados, não você.

QUE O HOMEM: Não deita pro lado e dorme.

QUE A MULHER: Nunca diz "hoje tô com dor de cabeça".

QUE O HOMEM: Não tem aquelas unhas dos pés horríveis.

QUE A MULHER: Pagar um upgrade sai mais barato que pagar uma plástica.

QUE O HOMEM: Você pode confiar mais na memória dele.

QUE A MULHER: A tensão dele nunca pré-menstrual.

QUE O HOMEM: Não solta gases.

QUE A MULHER: Não corneia.

QUE O HOMEM: Não sintoniza mesas redondas de domingo.

QUE A MULHER: Não tem mãe nem advogado.


José
Custódio Rosa Filho, 1967, vem atuando no mercado desde 1988, fazendo tiras, charges, ilustrações, páginas de humor para revistas e criando personagens para entidades e publicações. Recentemente lançou, com sucesso, seu primeiro livro, o "Manual do Sexo Virtual", Editora Nova Alexandria - São Paulo, 2000. Em seu portal na Internet, "Programa de Índio", vocês encontrarão diversas páginas com muito humor. Confiram em http://www.custodio.net

Além de boa praça, ótimo como chargista e escritor, ainda toca sax-tenor na Banda Smith, seguindo a tradição de seus pares (Veríssimo, Aroeira e outros mais).


Extraímos o texto acima de seu primeiro livro, pág.21. ©Custódio

 

[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ]

© Projeto Releituras — Todos os direitos reservados. O Projeto Releituras — um sítio sem fins lucrativos — tem como objetivo divulgar trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, buscando, sempre que possível, seu lado humorístico,
satírico ou irônico. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
® @njo